Friday, August 14, 2015

Depressão: Sofrimento do Corpo e da Mente



Prevenir e tratar a depressão

Coleção Viva Saúde, especial



IMG_5879
Os especialistas definem a depressão como uma doença que acomete o corpo como um todo. É um estado que traz uma sensação de vazio, no qual predomina uma tristeza profunda vivida fisicamente, uma lentidão e até inibição dos movimentos corporais. A apatia se reflete na redução da capacidade de concentração, perda de interesse das atividades antes prazerosas, energia reduzida, facilidade em sentir cansaço. É possível definir três diferentes graduações: leve, moderada ou grave. Em todas elas encontramos sentimentos de medo, insegurança, falta de esperança e desamparo. Também sensações de culpas e falta de sentido da vida.
Os transtornos de humor, dos quais a depressão faz parte, constituem um problema de saúde pública. Têm – se tornado cada vez mais frequentes, são pouco reconhecidos e, quando o diagnóstico é feito, muitas vezes a enfermidade é tratada de forma incorreta.

A depressão é uma doença que afeta a humanidade ao longo da história. ”Existe uma predisposição genética para depressão que pode ser precipitada por estresse. Para a psicanálise, as causas podem ser de origem externa ou interna do indivíduo”, explica Pepita Rovira Prunor, psicóloga e psicanalista, fundadora da Clínica Social de Psicoterapia psicanalítica Hélio Pellegrino e vice-presidente da Sociedade Paulista de Psicanálise.

Atitudes acolhedoras

O papel da família no tratamento da depressão de um parente é decisivo. ”A tolerância, compreensão e acolhimento parecem constituir um poço sem fundo para os que estão à volta de alguém deprimido. Por outro lado, pequenos gestos como sair da cama, dar uma volta no quarteirão ou ligar para um amigo adquirem o peso de uma impossibilidade radical. Isso pode ser percebido como um mistura curiosa entre desamparo e arrogância, o que frequentemente levanta reações de raiva e ódio”, esclarece Chistian Dunker, psicanalista e professor do Departamento de Psicologia Clínica do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (Ipusp). A atitude acolhedora, porém assertiva, é difícil de manter a longo prazo pelos familiares de alguém deprimido, mas busca – lá é fundamental para o sucesso do tratamento.
Esta edição pretende esclarecer o que é a depressão, como ela é diagnosticada, seus principais sintomas e tratamentos, meios de evitá-la, e ainda lidar com alguém próximo que sofre da doença. Os especialistas entrevistados foram unânimes: o primeiro passo é encarar a depressão como uma doença, que precisa de tratamento adequado, paciência e apoio para que seja curada.
Confira a matéria completa na edição especial da Revista Coleção Viva Saúde!

No comments:

Post a Comment